Os 4 tipos de autoestima: Você se valoriza?

Tipos de autoestima

Existem diferentes tipos de autoestima, pode ser alta ou baixa e estável ou instável. A autoestima é um dos fatores mais relevantes para o bem-estar pessoal e uma chave para se relacionar com o meio ambiente que nos rodeia de forma positiva. Como possui diferentes tipos com suas peculiaridades, neste artigo, vou analisar suas características.

 

Autoestima e sua relação com o bem-estar

questions duvidaEmbora o conceito de autoestima tenha sido um dos mais confusos, questionados e analisados ​​ao longo da história da psicologia, a maioria dos especialistas indica que é um elemento inato em cada indivíduo e que está exposto a múltiplas modificações ao longo de nossas vidas. A autoestima evolui e se desenvolve por causa do relacionamento com o mundo e muda constantemente, pois está ligada à mudança de sociedade. Diferentes contextos sociais e culturais corresponderão a diferentes percepções sobre o que consideramos uma autoestima saudável.

 

 

Os 4 tipos de autoestima

A autoestima precisa ser alimentada em graus variados. Embora as linhas de base sejam construídas durante a infância, a autoestima não é inalterável em outros estágios da vida.

É importante ressaltar que autoestima não é o mesmo que autoconfiança. A autoconfiança está relacionada às metas e objetivos específicos que propomos, enquanto a autoestima se refere à avaliação global que fazemos de nós mesmos.

Uma vez que a autoconfiança se refere à confiança na capacidade de realizar uma tarefa específica, alguém pode pensar que é muito bom jogando tênis, por exemplo, no entanto, pode ter baixa autoestima, talvez gostaria de ser mais alto ou ter uma melhor aparência física, mas confia em sua capacidade de vencer seus rivais em uma quadra de tênis. A autoconfiança pode afetar positivamente a autoestima de um indivíduo se ele a considera uma prioridade em sua vida.

 

Fatores que formam uma boa ou má autoestima

Podemos dizer que existem 4 fatores relevantes que afetam a autoestima, são os seguintes:

  • O histórico de sucessos e a posição alcançada através do reconhecimento que os triunfos proporcionam.
  • As áreas associadas a esses sucessos, desde que sejam significativos para a pessoa.
  • O respeito, aceitação e interesse que o indivíduo recebe das pessoas que ele considera importantes em sua vida.
  • Controle e defesa contra consequências e implicações negativas. Ou seja, a avaliação que o indivíduo faz sobre os seus eventos negativos.

 

Em seu livro “Autoestima e identidade. Narcisismo e valores sociais”, Luis Hornstein propõe 4 tipos de autoestima. Segundo o autor, os tipos de autoestima variam porque a auto avaliação pode ser mais ou menos alta e mais ou menos estável.

 

A continuação te apresento os quatro tipos de autoestima:

 

Autoestima Alta e estável: 

As circunstâncias externas e os eventos da vida têm pouca influência sobre a autoestima. Pessoas com esse tipo de autoestima se desenvolvem livremente, pois não precisam defender sua imagem, ela se defende sozinha. Além disso, numa situação de conflito, a pessoa é capaz de defender seu ponto de vista sem se desestabilizar.

 

Autoestima alta e instável

Pessoas com esse tipo de autoestima, têm uma alta autoestima, mas são incapazes de mantê-la constante. Momentos competitivos podem ter um efeito desestabilizador. Elas respondem com uma atitude crítica em relação ao fracasso, já que são percebidas como ameaças. O indivíduo mostrará convicção ao defender seu ponto de vista, mas não aceitará outros pontos de vista e tenderá a monopolizar a palavra em uma discussão.

A instabilidade da autoestima o leva a colocar a autoestima como uma preocupação central e exige preservá-la a qualquer preço e apelar para uma atitude agressiva (para promovê-la) ou passiva (para protegê-la).

 

Autoestima baixa e estável

Nos casos em que existe autoestima baixa e estável, os eventos externos, favoráveis ​​ou não, não alteram a autoestima do indivíduo, que não se esforça para promover sua imagem pessoal e se subvaloriza.

Indivíduos com este tipo de autoestima são indecisos e têm um grande medo de cometer erros. Essas pessoas não defendem seus pontos de vista, uma vez que a avaliação de si mesmo é sempre negativa, eles acreditam que não estão à altura.

Este tipo de autoestima é muito frequente em pessoas com tendências depressivas, que por causa de sua mentalidade pessimista geralmente não percebem suas realizações pessoais como tal, assumindo que elas são o resultado de sorte ou casualidade.

 

Autoestima baixa e instável

Pessoas com esse tipo de autoestima geralmente são sensíveis e influenciáveis por eventos externos. Quando enfrentam um evento bem-sucedido, sua autoestima aumenta, mas assim que a euforia termina, seu nível de autoestima cai novamente.

Ou seja, esse tipo de autoestima é definido pela falta de solidez e instabilidade que apresenta, o que o torna altamente sensível a todos os tipos de eventos, por mais irrelevantes que possam parecer do ponto de vista racional.

Certas classes de pessoas narcisistas, por exemplo, são caracterizadas pela baixa autoestima e são muito dependentes da opinião que percebem dos outros.

 

Bônus: Autoestima inflada

Outros autores também falam de um tipo de autoestima prejudicial ao bem-estar, a autoestima inflada. Mas o que é autoestima inflada?

A pessoa com autoestima inflada é incapaz de ouvir aos outros, muito menos aceitar ou reconhecer um erro. A percepção de si é tão inflada que eles se sentem melhor do que os demais. Quando as coisas ficam complicadas, não reconhecem os próprios erros e culpam os outros. Este tipo de atitude gera comportamentos negativos, uma vez que não são capazes de fazer autocrítica e corrigir seus erros. Em geral, esses indivíduos desprezam os outros e adotam um comportamento hostil em relação a eles.

 

Por Jonathan García-Allen. Psicólogo e treinador pessoal.

Traduzido e adaptado de https://psicologiaymente.net/psicologia/4-tipos-de-autoestima#!

 

Eu gostaria de te recomendar um material em formato de video-aula sobre autoestima que, com certeza, vai mudar a sua vida. Se chama “Melhor autoestima com EFT”  Emotional Freedom Technique (link afiliado) do autor Mizuji Kajii.

 

black and white casal feliz rindo

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: